Câmara Secreta

Capítulo 1 – O pior aniversário
     

“– Você não p-pode, papai disse que você não pode fazer m-mágicas, disse que expulsa você de casa, e você não tem para onde ir, você não tem nenhum amigo que possa ficar com você…
Jígueri pôqueri! – disse Harry com ferocidade. – Hócus pócus… esquígli wígli…
– MÃÃÃÃÃÃE! – berrou Duda, tropeçando nos próprios pés enquanto disparava para dentro de casa. – MÃÃÃÃE! Ele está fazendo aquilo que você sabe!”
CS, cap. 1, pág. 15     

Capítulo 3 – A toca
     

“Harry aprendeu depressa a não sentir muita pena dos gnomos. Resolveu simplesmente deixar cair por cima da sebe o primeiro que pegou, mas o gnomo, pressentindo fraqueza, enterrou os dentes afiados como navalhas no seu dedo, e Harry teve muito trabalho para sacudi-lo longe, até que…
– Uau, Harry, esse deve ter caído a uns quinze metros…”
CS, cap. 3, pág. 38     

” – Você fizeram  mesmo isso? – perguntou o Sr. Weasley, ansioso. – E o carro voou bem? Eu… eu quero dizer. – gaguejou, enquanto voavam faíscas dos olhos da Sra. Weasley  – que… isso foi muito errado, meninos… muito errado mesmo…” CS, cap.3, pág 40     

Capitulo 4 – Na Floreios e Borrões     

    

 ” – Mandaram você comprar todos os livros de Lockhart também! – admirou-se – O novo professor de Defesa Contra as Artes das trevas deve ser fã dele, aposto que é uma bruxa.”  CS, cap. 4, pág 44    

” – Verdade? – exclamou o Sr. Weasley animado – Havia escapadas rolantes? Como é que…” CS, cap.4, pág 46    

    Capítulo 5 – O Salgueiro Lutador    

   

“ – Minha varinha – respondeu Rony  com a voz tremula – Olhe a minha varinha.”  CS, cap. 5, pág.68   

” – Volte aqui – gritou Rony com o carro, brandindo a varinha partida. – Papai vai me matar.” CS, cap. 5, pág 69   

” – Dá para  acreditar na nossa sorte? – disse Rony infeliz, abaixando-se para recolher Perebas. – de todas as arvores que podíamos ter batido, tínhamos que bater nessa que revida?” CS, cap. 5, pág. 69   

” –  Então – disse com suavidade – o trem não é bastante bom para o famosos Harry Potter e seu leal escudeiro Weasley. Queriam chegar acontecendo, não foi, rapazes?” CS, cap. 5, pág.73  

Capítulo 6 – Gilderoy Lockhart  

 

” – Autografar a foto?  Você esta distribuindo fotos autografadas, Potter?” CS, cap. 6, pág 87  

“O resto da classe entrou sem fazer barulho, e Rony e Hermione se sentaram um de cada lado de Harry.
– Você podia ter fritado um ovo na cara – comentou Rony. – É melhor rezar para Creevey não conhecer a Gina, ou os dois vão começar um fã-clube do Harry Potter.
– Cale a boca – disse Harry ríspido. – A última coisa que precisava era que Lockhart ouvisse a frase “fã-clube do Harry Potter.”
CS, cap. 6, pág. 89  

” – Devo dizer que distribuir fotos autografadas nessa altura de sua carreira não é sensato, parece meio presunçoso, Harry, para ser franco. Haverá um dia em que, como eu, você vai precisar ter uma pilha de fotos à Mao onde quer que vá, mas – ele deu uma risadinha – acho que você ainda não chegou lá.” CS, cap. 6,  pág. 89    

  Capítulo 8 – A festa do aniversário de morte

 

 

 “- Não mintam para mim – exclamou Murta, as lágrimas agora escorrendo livremente pelo rosto, enquanto Pirraça feliz, dava risadinhas por cima do ombro dela. – Vocês acham que não sei como as pessoas me chamam pelas costas?Murta Gorda! Murta Feiosa! Murta infeliz, chorona, apática!” CS, cap. 8, pág. 118 

Capítulo 9 – A pichação na parede

” – Isso aqui é um banheiro de garotas – disse ela, olhando desconfiada para Rony e Harry. – Eles não são garotas.” CS, cap. 9, pág 136

Capítulo 10 – O balaço errante

” – Tudo bem ai, Ô Cicatriz? – berrou Draco, passando por baixo dele como se quisesse mostrar a velocidade de sua vassoura. CS, cap. 10, pág.145

Capítulo 11 – O clube dos duelos
     

“”Deixem-me apresentar a vocês o meu assistente, Prof. Snape”, disse Lockhart, dando um largo sorriso. “Ele me conta que sabe alguma coisa de duelos e desportivamente concordou em me ajudar a fazer uma breve demonstração antes de começarmos. Agora, não quero que nenhum de vocês se preocupe, continuarão a ter o seu professor de Poções mesmo depois de eu o derrotar, não precisam ter medo!”
– Não seria bom se os dois acabassem um com o outro? – cochichou Rony ao ouvido de Harry.
O lábio superior de Snape crispou-se. Harry ficou imaginando por que Lockhart continuava a sorrir; se Snape estivesse olhando para ele daquele jeito, Harry já estaria correndo o mais depressa que pudesse na direção oposta.”
CS, cap. 11, pág. 163     

Capítulo 12 – A Poção Polissuco
     

“Fred e Jorge, porém, achavam muita graça em tudo. Saíam do caminho para andar à frente de Harry nos corredores, gritando: “Abram caminho para o herdeiro de Slytherin, um bruxo realmente maligno vai passar…”
Percy desaprovava inteiramente esse comportamento.
Não é motivo para graças – disse friamente.
– Ah, sai do caminho, Percy. Harry está com pressa.
– É, ele está indo para a Câmara Secreta tomar uma xícara de chá com seu criado de caninos afiados – disse Jorge, dando uma risadinha debochada.”
CS, cap. 12, pág. 180      

Capítulo 14 – Cornélio Fudge

” – Riddle pode ter apanhados pessoa errada – disse Mione. – Talvez fosse outro monstro que estava atacando as pessoas…
– Quantos monstros vocês acham que cabem aqui no castelo? – perguntou Rony abobado.” CS, cap. 14, pág. 212 

” – Ia ser uma visita animada – disse Rony. – “Olá, Hagrid. Conte para a gente, você andou soltando alguma coisa selvagem e peluda no castelo, ultimamente?”” CS, cap.14, 213

Capítulo 17 – O herdeiro de Slytherin

” – Você está vivo! – exclamou desconcertada.
– Não precisa parecer tão desapontada – disse o garoto, sério, limpando os salpicos de sangue e o limo dos óculos.
– Ah, bem… andei pensando… se você tivesse morrido, seria bem-vindo a dividir o meu boxe – disse Murta, com o rosto tingido-se de prateado.
Arre!  – exclamou Rony ao saírem do banheiro para o corredor escuro e deserto. – Harry! Acho que Murta está gostando de você! Gina você ganhou uma concorrente! ” CS, cap. 17, pág 274

Capítulo 18 – A recompensa de Dobby
     

“ – Mas os seus tios vão se sentir orgulhosos, não vão? – perguntou Mione quando desembarcaram do trem e se juntaram à multidão que se dirigia à barreira encantada. – Quando você contar o que fez este ano?
– Orgulhosos? – falou Harry. – Você enlouqueceu? Depois de todas aquelas vezes que eu podia ter morrido e não morri? Eles vão ficar furiosos…”
CS, cap. 18, pág. 187   

Leave a Reply