Erros de Revelação

● Na cena do Quadribol, Harry quebra seu braço direito e o segura no seu peito, mas quando ele está deitado no chão depois de cair da vassoura, ele se apóia com o mesmo braço quando vai se sentar e escapar do balaço. Na cena logo depois, ele tem a sua mão suspensa no seu peito de novo.

● Durante o vôo de carro (indo para Hogwarts) Harry e Rony tiveram um descontrole, fora das terras de Hogwarts. Durante a cena quando o carro está se aproximando do Salgueiro Lutador, se comparado ao seu tamanho quando está na árvore, ele está completamente fora de proporção.

● No começo da cena, perto do final do filme quando Lúcio Malfoy discute com Dumbledore no seu escritório, o cabelo de Malfoy está solto atrás dos seus ombros. A luz artificial da sala ilumina a parte de trás do seu pescoço, onde dá pra ver o seu cabelo de verdade, curto e castanho.

● Quando Harry está lutando contra o Basilisco no topo do crânio na Câmara Secreta, você pode ver uma proteção na ponta da espada.

● As bagagens do Harry e do Rony estão sendo atiradas para fora do carro e na cena, um pouco antes do close do Harry, o malão do Rony (o outro diz HP) é atirado na grama. A parte de cima desse malão tem um perfeito e simétrico buraco no centro com quatro marcas redondas em sua volta, o que, provavelmente foi o resultado de quando o malão caiu. Na cena completa, como a Edwiges está sendo atirada para fora, os malões certamente são visíveis e não há buraco em nenhum deles, nem no do Rony em qualquer outro momento do filme.

● Quando Harry e Rony correram em direção à parede para chegar à plataforma 9 ¾, se você olhar para a gaiola de Edwiges quando eles caem, dá pra ver que na verdade é uma ave de brinquedo colada no poleiro.

● Em uma das várias e prolongadas cenas das conversas entre Potter e Dumbledore, com infinitos closes faciais, nenhum deles – Harry ou Dumbledore – usa lente nas armações dos seus óculos.

● A Sra. Weasley pode tricotar como uma trouxa, pois ela não mostra nenhum progresso com o tricô dos bruxos. Na casa dos Weasley, nós podemos ver a mágica tricotando, a agulha é empurrada para o buraco, mas nenhum fio cruza na sua volta, e isso não é bem um progresso. A parte que já foi tricotada é magia na verdade, desde que isso não mostrou resultados aos produtores do filme.

● Na cena onde os estudantes estão na aula de Defesa Contra as Artes das Trevas do professor Lockhart, você pode ver que o professor liberta os Diabretes. Dois deles puxam Neville Longbottom pelas suas orelhas e o penduram em um lustre. Devido aos diabretes serem animados pelo computador, os produtores tiveram que colocar grampos atrás das orelhas de Neville Longbottom para fazer parecer que ele estava sendo levantado pelos diabretes. Quando ele foi solto do lustre pelos mesmos, dá pra ver que as suas orelhas ainda estão esticadas onde os grampos estavam.

● Durante a partida de Quadribol, depois dos closes de Snape e Lúcio Malfoy, há uma cena de Harry voando em direção à câmera, parando, com Draco Malfoy voando ao seu lado e nessa cena o gol deixa uma sombra na areia. Malfoy anuncia Tudo bem aí cabeça de cicatriz? e Harry olha para baixo em direção ao balaço que se aproxima. Agora nessa cena, a forma da sombra do gol é totalmente diferente, e não há nenhum círculo no alto da sombra da baliza (o ângulo pode ter sido difícil de marcar, colocando tudo em uma linha, as sombras deveriam pelo menos engrossar no topo onde os círculos ficam).

● Quando Harry e os Weasley estão na plataforma 10, é a vez da Gina de ir, nessa cena o malão do Rony está bem visível, note as manchas, a fivela de metal do lado direito – comprido-, o detalhe em metal nos quatro cantos, etc. Depois que o casal Weasley vai, Harry diz Vamos!”e quando eles começam a correr, o malão do Rony está claramente visível de novo e NÃO é o mesmo malão, note as manchas, a falta dos acessórios na direita e nos quatro cantos, etc., e a pequena parte perto do Perebas está diferente também.

● Durante a partida de Quadribol, a proteção que Harry usa no braço direito está visível. Logo acima do seu cotovelo, há uma tira de couro presa seguramente em volta do seu braço e três curtas tiras estão confortavelmente afiveladas em torno do seu antebraço. No entanto, quando o balaço se aproxima, um pouco antes do seu braço ser quebrado, os nós na tira de couro SUMIRAM, apesar de visivelmente escondidos na cena, e as tiras afiveladas estão consideravelmente MAIORES, propositalmente, deixando a proteção do braço muito solta. A posição da proteção difere nos dois closes então.

● Na cabana de Hagrid, enquanto Rony ainda está vomitando lesmas, Hagrid está consolando Hermione, devido ao comentário de Draco Malfoy sobre o seu sangue mestiço. A Barba de Hagrid está visivelmente separada abaixo do seu lábio inferior e quando ele fala, o seu maxilar se move, mas a sua barba não.

● Depois de o carro aparecer para salvar Rony e Harry das aranhas, Harry grita “Arania Exumai!” A luz que sai da sua varinha ilumina o carro e a marca do pneu traseiro NORMAL fica claramente visível. Quando eles estão dentro do carro Harry grita “Vai!”. No close do pneu, antes dele começar a andar, a marca fica mais uma vez visível. Entretanto é um pneu completamente diferente, um pneu de usar na NEVE e com marcas profundas.

● Os bancos dianteiros do Ford Anglia mudam constantemente. Quando Rony, Fred e Jorge estão salvando Harry da casa dos Dursley, a parte de trás do banco da frente tem uma curva pequena e é azul escuro com azul claro enfeitando cada lado, entretanto alguns exemplos de quando isso muda são, quando Harry se pendura no carro enquanto eles sobrevoam o Expresso de Hogwarts, apesar do assento ter as costas curvas, em algumas cenas ele apresente dois tons de azul claro, e em outras ele é como na cena da casa dos Dursley. Já em Hogwarts, quando o carro expulsa Edwiges, a traseira do banco é mais grossa e perfeitamente reta, e assim por diante.

● Quando Harry captura o Pomo depois do seu braço ser quebrado, ele procura e pega o pomo na jogada, encarando-o. No próximo ângulo da jogada, quando ele começa a girar enquanto continua balançando na ponta da vassoura, o descanso para o pé preso nela é visível entre as coxas do Harry. Entretanto, quando ele rola para baixo de sua vassoura e escorrega no chão, fica claro que o descanso de pé sumiu. Se ele ficasse em uma posição exposta ou não, ainda seria visível em cima ou embaixo da sua perna.

● Quando uma parte do Salgueiro Lutador passa pela janela de trás do carro, o buraco muda de forma em certos momentos. Na primeira cena do interior do carro quando o galho passa pelo vidro, o buraco que é feito é totalmente diferente do que vem depois, na cena exterior do carro, quando o galho da árvore sai (trocadilhos
à parte).

● Quando Harry coloca-se em frente à janela do seu quarto, olhando para os postes de luz próximos, as casas do lado oposto, à esquerda, são realmente as casas vizinhas que são vistas à direita da casa dos Dursley, quando encarando a casa dos Dursley de frente, e a da direita é realmente a casa da família Dursley. No “close-up” do carro e os faróis encaram Harry, a casa dos tios de Harry é vista atrás do carro, mas a as cortinas e a mesa-de-jardim foram adicionadas, para mudar o “look” da casa. O padrão distinto de cada um dos tijolos da casa é acidental.

● Na cena onde Harry está “apunhalando” o diário de Tom Riddle pela última vez, ele fecha o livro e vemos um close-up do seu rosto, coberto de tinta. No close-up seguinte do diário seu rosto está limpo, e um pequeno ponto azul (de onde a tinta posteriormente esguicha) é visível no centro para Harry furar com o dente.

● Enquanto Errol avança, há vários ângulos os quais ele é visto voando sobre os estudantes, entretanto, os últimos são muito diferentes. Primeiro, uma cena de cima do refeitório. Segundo, indo em direção à câmera, tanto Fred e George sentam à esquerda. Terceiro, uma vista de cima da mesa da Grifinória. As próximas duas são completamente diferentes. Primeiro, uma longa caçarola enquanto Errol voa entre as mesas da Grifinória e a da Lufa-Lufa, antes Fred, Jorge e Rony substituem quem senta em frente à lareira, fazendo com que alguns estudantes na mesa se inclinem para FRENTE, então Errol não atinge suas costas enquanto sai da tela à esquerda. Próxima cena, Errol voa em direção à câmera passando por Fred, Jorge e o resto, os quais dramaticamente se inclinam para TRÁS nessa cena, enquanto Errol voa sob a mesa entre eles.

● De dentro do campo de Quadribol, quando de frente para uma das três balizas, a última torre de espectadores à esquerda é de Corvinal e a de Grifinória é a última à direita e quando de frente para o outro conjunto balizas a torre de Sonserina é a última à esquerda e a de Lufa-Lufa é a última à direita. Após o Balaço quebrar o braço de Harry, na cena de frente para o Pomo, enquanto Harry estende a mão para pegá-lo, diretamente na FRENTE de Harry as balizas estão entre as torres de Sonserina e Lufa-Lufa. Então na próxima cena de frente para Harry, enquanto ele alcança e apanha o Pomo, essas mesmas balizas estão diretamente ATRÁS de Harry. No entanto, quando ele cai na areia, ele está naquelas balizas.

● Quando Harry senta na sala comunal da Grifinória com o diário, no close, o nome Tom Marvolo Riddle está gravado em ouro na contracapa. No entanto, na cena anterior, quando Harry pega o diário do chão do banheiro, ambos os lados são claramente visíveis e o nome não está em nenhum dos dois lados, nem é visto em nenhum dos lados quando Harry o toma das mãos de Gina e quando ele o fecha para furar a capa com o dente do Basilisco. O nome também não está gravado na capa quando Dumbledore o mantém em investigação ou no close do outro lado quando ele o põe na mesa na frente de Harry e Lúcio Malfoy.

● Quando Harry está olhando o álbum de fotos Harry que Hagrid lhe deu, em seu quarto, há um claro reflexo das fotos na lente de seus óculos. Um momento depois naquela cena, não há nenhum reflexo visto nas lentes, porque não há lentes de verdade na armação.

● Quando Lockhart empurra a manga de Harry antes de tentar remendar o osso quebrado de Harry, vemos algumas sardas no antebraço de Harry. Quando Lockhart desfez o osso de Harry, ele também desfez as suas sardas. As sardas voltam quando Harry bebe Esquelesce na enfermaria. Em outras palavras, o braço falso faltava detalhes visíveis no braço de Harry.

● No quarto de Harry, quando Harry e Dobby brigam com o abajur, assim que Harry diz “Me dê o abajur!”, a mão esquerda de Dobby está entre as duas mãos de Harry, segurando a haste do abajur, mas no reflexo não vemos a mão de Dobby, ou o braço, enquanto ele se move sobre a mesa, nem vemos os dedos da mão direita que prendem a base. Nesta cena o que vemos no reflexo são Harry, suas mãos, o a base do abajur, a haste, sombra e o fio. Nada de Dobby.

● No Salgueiro Lutador, o porta-malas do carro recebe um corte visível pouco acima da fechadura, bem como um amassado enorme. No entanto, pouco antes do porta-malas se abrir para jogar fora os pertences de Harry e Ron, é evidente que não é o mesmo porta-malas. O corte e o amassado; sumiram a placa do Ford Anglia do lado direito sumiu, a fechadura é diferente, a área sob o pára-choque torto é diferente, etc. Após a fuga das aranhas, a placa está de volta, contudo o amassado e o corte continuam sumidos.

● Quando Crabbe e Goyle estão apanhando os bolos que Harry levitou, Ron e Harry são vistos no fundo, ao lado da estátua, e embora eles estejam um pouco fora de foco, você pode ver claramente que é o dublê de corpo de Rupert Grint em cada uma das cenas. A feição do rosto é diferente e seu cabelo é muito desajeitado.

● Quando Harry e Ron finalmente chegam a Hogwarts, eles estão voando sobre o lago. O lago reflete Hogwarts, mas não o carro, que está mais perto e diretamente sobre ele.

● Na cena quando Harry e Ron voltam para o banheiro após beber a Poção Polissuco, eles encontram Hermione transformada em gato. Olhe para seus olhos. Quando ela se vira, uma edição digital oval aparece em torno dos seus olhos por todo resto da cena.

● Na cena onde a coruja de Rony voa sobre os estudantes, você vê que as assas de Errol estão perfeitas. Entretanto, na próxima tomada você vê todas as penas bagunçadas (pelo fato de que Errol atira-se contra muitas coisas). Então eles usam uma coruja falsa para garantir proteção à coruja. A coruja que está deitada é obviamente a falsa, também. Então, volta para a ave real, então ela pode voar para longe. E, ela quase atinge Hermione na cabeça.

● Na cena em que Harry está escrevendo no Diário de Tom Riddle, vemos Harry mergulhando sua pena na tinteira. Observe o formato e o tamanho da mão de Harry. Quando Harry realmente começa a escrever no diário vemos um “close-up” de suas mãos, mas não é sua mão real escrevendo. A mão “falsa” tem dedos mais longos e finos do que a mão do Harry Potter de 12 anos.

● Na partida de Quadribol, no ‘close’ quando o Balaço atinge a proteção do braço de Harry, seu braço direito abaixo do cotovelo está exageradamente digitalizado. Quando Harry cai em direção à areia e desprende suas pernas da vassoura, suas pernas abaixo dos joelhos, especialmente à direita, estão também digitalizadas. (A segunda cena é mais visível no modo tela cheia, no DVD)

● Na partida de Quadribol, as balizas do gol são vistas em ambas as extremidades do campo em muitas cenas, incluindo as mais curtas. Quando correndo para Harry, Hermione grita “Finite Incantatem!”. Na cena em que Ron e Hermione estão de costas enquanto correm até Harry, a base da baliza de gol menor é visível à esquerda. Ela é completamente diferente nesse “close-up” do que em qualquer das cenas.

● Quando Harry utiliza Pó de Flu, na cena ampla a Sra. Weasley segura o vaso com a mão direita esticada, seu dedão no topo e os outros dedos embaixo, mas no próximo close o vaso é segurado por ambas as suas mãos. No close da Sra. Weasley segurando o vaso, as mãos não são da atriz Julie Walters (Sra. Weasley).

● Quando Harry atravessa a espada na cabeça do basilisco, você pode ver que o par frontal de presas está à esquerda de seu braço direito, que será atravessado pela presa. Porém, a maneira que Harry puxa a espada torna impossível a presa atingir seu braço direito.

● Quando as barras da janela de Harry estão sendo arrancadas, a maior parte da moldura da janela também sai. Na cena, o gancho encaixado puxa a parte de baixo das barras e a janela para fora, fazendo com que caiam de uma determinada maneira. Ainda na próxima cena, vendo de cima, o jeito como as barras e a janela caem é totalmente diferente, pra não dizer irreal, do que se estivesse mesmo sendo puxado por um gancho preso à parte inferior.

● A aparência da cicatriz de Harry muda em algumas cenas. Por exemplo, no jogo de quadribol, no primeiro close em Harry a cicatriz tem um contorno e é mais grossa que em outras cenas. Outros exemplos são nos primeiros closes de Harry voando atrás de Malfoy debaixo das arquibancadas e também quando ele tenta alcançar o pomo de ouro depois que seu braço é quebrado.

● Depois que Harry grita “Wood, cuidado!”, ele se abaixa rapidamente para evitar o balaço e voa pra longe. No próximo close de Harry há dois reflexos em cada uma das lentes de seus óculos, que foram feitos deliberadamente para esta cena. No entanto, assim que ele começa a vasculhar o campo, sempre mudando de direção, os reflexos deveriam refletir essa mudança no cenário ao seu redor, mas isso não acontece.

● As torres de espectadores mais próximas do castelo fazem sombras no campo de quadribol durante o jogo, embora de maneira diferente em algumas cenas. De dentro do campo, de frente para o castelo, as torres que fazem sombras estão entre Grifinória, a última torre da esquerda, e Sonserina, a última da direita. Quando Malfoy voa da parte inferior da arquibancada e cai no chão ele pára em frente ao lado contrário, com as torres pretas e brancas, entre Corvinal de um lado e Lufa-Lufa do outro, que não fazem sombras no campo. No entanto, quando Harry alcança o pomo com seu braço quebrado, na cena focando o pomo no momento que estende sua mão, e na próxima cena em que ele consegue o pomo, as torres entre Corvinal e Lufa-Lufa são as que lançam sombras na arquibancada.

● Enquanto Harry escala os cachos de cabelo da cabeça de pedra de Salazar Slytherin, o basilisco ataca, criando o primeiro grande buraco na pedra. Harry tenta escalar mais alto, e a cobra se lança na pedra novamente, criando outro buraco imenso numa parte superior e atingindo outro cacho de cabelo à esquerda de Harry assim que ele se dependura. Entretanto, quando o basilisco ataca pela terceira vez contra a pedra e Harry está chegando perto do topo, o segundo grande buraco SUMIU, não só nessa cena como também na primeira cena ampla em que Tom Riddle é visível.

● Quando do Salgueiro Lutador, há uma cena do interior do carro que mostra o pára-brisa recebendo dois grandes golpes. Na próxima cena exterior, a câmera se afasta enquanto os garotos gritam e o capô azul do carro é visto (com a falta do limpador de pára-brisas), o pára-brisa não possui NENHUM estrago sequer, assim como quando o galho da árvore atravessa a janela de trás, e nas duas cenas frontais o capô azul é visto e o pára-brisa está novamente intacto.

● Quando Lockhart diz “Eu devo pedir que vocês não gritem. Isso pode…”, logo que ele diz, “… Provocá-los”, a primeira cena é um close de Lockhart começando a remover a capa. Em seguida há um close da jaula quando Lockhart mostra os diabretes. O rosto de Lockhart é claramente visível e não é Kenneth Branagh que está pronunciando as palavras, “… Provocá-los”, que já haviam sido ouvidas na cena anterior.

Tradução: Biara Fuchs, Allon de Souza e Priscila Gonçalves
Revisão: Larissa França

Leave a Reply